A HP anunciou a extensão do HP Amplify™ - o primeiro programa de canal do género– para o seu vasto ecossistema de mais de1350 retalhistas online, Omni canal e com lojas físicas. Apresentado no outono de 2020 aos parceiros comerciais, este novo programa de parceiros, suportado numa estrutura única e integrada, disponibiliza os conhecimentos, capacidades e ferramentas de colaboração necessárias para impulsionar a transformação e o crescimento digital à medida que os comportamentos de compra dos consumidores continuam a evoluir. A HP começará a fazer a transição dos parceiros retalhistas1 para o programa HP Amplify a partir de agosto de 2021 e irá dar continuidade a esta transição durante o ano.

Em 2020, a Kaspersky alcançou um crescimento estável de negócio e aumentou a sua receita global não auditada de IFRS para 704 milhões, um crescimento anual (YOY) de 3%. Durante um ano cheio de desafios associados à pandemia, a empresa global de cibersegurança alcançou resultados positivos, protegendo a privacidade dos seus utilizadores e ajudando as empresas a mitigar os riscos de cibersegurança, num contexto de crescente digitalização.

Em 2020, para além da rápida transição para o mundo e ferramentas de trabalho digitais, muitas organizações viram também a necessidade de aumentar os seus níveis de cibersegurança. A Kaspersky trabalha continuamente para oferecer alguns dos melhores produtos e serviços da indústria, assegurando a proteção dos seus clientes em todo o mundo. Neste sentido, a empresa alcançou um sucesso significativo, tanto no segmento B2B (+13% de crescimento anual), como no B2C (+4%). Os resultados de vendas da Kaspersky** em 2020 estão entre os melhores da história da empresa.

A Cipher, unidade de cibersegurança da Prosegur, desenvolveu um ciberanalista de inteligência virtual capaz de identificar e automatizar as tarefas mais comuns realizadas pelos analistas de cibersegurança de nível 1 nos SOC (Security Operation Centers).

Quando a Cipher começou a desenvolver este projeto, pretendia dar resposta a duas questões operacionais relevantes para o dia a dia da cibersegurança. A primeira, era identificar as tarefas mais repetitivas para os analistas; uma vez identificadas, o objetivo era automatiza-las. Este projeto deu origem ao Waldo, o ciberanalista virtual.

A VTEX, multinacional de tecnologia responsável pela plataforma de comércio colaborativo totalmente integrada, anuncia a abertura do seu primeiro escritório em Portugal, o quarto na Europa. Com mais de 365 milhões de dólares angariados recentemente, este unicórnio tecnológico avaliado em 1.7 mil milhões de dólares (aprox. 1.43 milhões de euros), pretende contratar novos colaboradores de quadros médios e superiores até ao final do ano. Product Managers, Product Designers, Software Engineers e Engineering Managers são o público-alvo da equipa local.

A empresa é responsável pela criação da solução end-to-end de comércio global totalmente integrada com funcionalidades nativas de marketplace, ecommerce e gestão de pedidos (OMS na sigla em inglês). O seu principal objetivo é ajudar os clientes a gerirem as suas lojas online, descomplicando e agilizando processos. Atualmente, a plataforma conta com mais de 2.500 lojas online ativas, em 32 países, oferecendo um sistema de comércio unificado, capaz de ligar as lojas físicas com os dados do ecommerce, retalhistas e os seus fornecedores, entre milhares de outras conexões, sempre com o intuito de melhorar as experiências de compras, ajudando as marcas a manterem-se relevantes para os seus consumidores.

Com um crescimento de 100% ao ano, a Volkswagen Digital Solutions (VWDS), hub tecnológico do Grupo Volkswagen em Portugal, quer chegar aos 300 colaboradores até ao final de 2021. O braço digital do grupo alemão tem como meta chegar a, pelo menos, 450 colaboradores em 2023.

A estratégia de crescimento da equipa da VWDS aponta para o recrutamento de um total de 100 pessoas durante 2021, chegando assim aos 300 colaboradores no final do ano. Este é um reforço da contínua aposta da empresa Alemã em Portugal, com a entrega de novos desafios às equipas baseadas em Lisboa. 

A Huawei anunciou hoje os seus resultados de negócio relativos ao primeiro trimestre de 2021, período em que contabilizou 19,4 mil milhões de euros de receitas, números esses que estão em linha com as previsões da empresa.

A margem de lucro líquido anual da Huawei aumentou 3,8 pontos percentuais, atingindo os 11,1% face ao ano anterior, sendo este o resultado dos esforços contínuos da empresa para melhorar a qualidade das operações e a eficiência da gestão, bem como fruto da receita obtida através dos royalties de patentes, que ascendeu aos 600 milhões de dólares (496,7 milhões de euros).

A Aon, empresa líder mundial de serviços profissionais nas áreas do risco, reforma e saúde, divulga o 2021 Cyber Security Risk Report, que identifica os principais riscos cibernéticos enfrentados pelas organizações, ao mesmo tempo que analisa como estas estão a gerir estas ameaças ao nível da segurança cibernética. Da análise efetuada, conclui-se que o ransomware se tornou o principal risco para seguradoras e segurados, tendo registado um aumento de 400% dos episódios de ataque cibernético entre o primeiro trimestre de 2018 e o quarto trimestre de 2020.

A par do crescimento da ameaça por ransomware, o estudo releva também a ainda escassa capacidade de resposta das empresas face a este risco. De acordo com as organizações inquiridas, apenas 31% das empresas afirma ter medidas de resiliência de negócio adequadas ao risco de ransomware.

Pág. 7 de 141

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top