O novo serviço da Kaspersky, o “Kaspersky Ask the Analyst”, permite que as empresas contactem os investigadores da empresa para saberem a sua opinião e receberem orientações sobre problemas de cibersegurança. O programa inclui ainda a análise de amostras de malware, informações sobre famílias de malware ou descrições de ameaças, além de pedidos de informações da dark web ou informações de estudos da Kaspersky sobre APT Intelligence. Estes resultados vão fornecer às equipas de segurança de IT dos clientes os conhecimentos especializados da Kaspersky.   

Cada informação de segurança – desde o que os cibercriminosos estão a discutir em fóruns underground ou como proteger-se contra vulnerabilidade específicas - pode ser essencial para ajudar a proteger as organizações contra ciberameaças avançadas. Apesar de algumas organizações não poderem discutir as suas conclusões com os seus pares, uma vez que é proibido em 52% das empresas, pode ser benéfico consultar um profissional do setor.

A Kaspersky lançou o serviço “Kaspersky Ask the Analyst” para fornecer aos analistas de segurança, informação e ajuda personalizada. Este novo serviço vai ajudar as empresas a:

  • Obter detalhes adicionais sobre as investigações de Threat Intelligence da Kaspersky, incluindo uma pesquisa mais aprofundada dos indicadores descobertos, assim como a possibilidade de discutir com os clientes o que identificaram, e como isso se relaciona com a atividade descrita na investigação. Estes pedidos são processados pela Kaspersky Global Research and Analysis Team (GReAT) e pela Kaspersky Threat Research Team, que são os autores destas investigações.
  • Descobrir o comportamento malware e a sua finalidade. A Kaspersky Global Emergency Response Team, a principal unidade forense e de operações de resposta a incidentes digitais da empresa, pode analisar amostras de malware e fornecer recomendações sobre outras ações de remediação.
  • Obter mais informações sobre uma ameaça, como a descrição da família de malware a que pertence, contexto adicional dos indicadores de compromisso (hashes, URLs, CnCs, etc.) ou vulnerabilidades. Os inquéritos são geridos pela Kaspersky Threat Research Team.
  • Solicitar uma pesquisa de dark web para descobrir o que os cibercriminosos sabem sobre endereços IP, domínios, ficheiros, emails, ou quaisquer detalhes dos incidentes que estão a analisar. Estes relatórios são entregues pela equipa da Kaspersky de Security Services.

O serviço fornece acesso exclusivo a um grupo de especialistas da Kaspersky especializados em várias áreas, através de um único ponto de contacto e de uma única licença. A informação é oferecida de acordo com cada caso.

"Acreditamos que os analistas continuam a ser o ativo mais valioso em qualquer investigação de ameaças. A informação personalizada sobre ameaças específicas pode ser essencial para proteger as organizações contra as ciberameaças mais avançadas e pode poupar muito tempo e recursos à equipa SOC (Security Operations Center) de uma organização. Estamos orgulhosos de apresentar este novo serviço que permite aos clientes adaptar as reconhecidas capacidades de pesquisa de ameaças da Kaspersky, às necessidades específicas da sua empresa." comenta Alexander Liskin, Head of Anti-Malware Research da Kaspersky.

Para mais informações sobre este serviço, clique aqui.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 167 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top